O Pato Mergulhão

Para ver o vídeo com imagens do Pato Mergulhão, escolha a melhor maneira de visualizar esta animação de acordo com a sua conexão de internet:



Atenção: Essas imagens estão protegidas sob direito autoral.

PATO MERGULHÃO (Mergus octosetaceus)

Classe: Aves
Ordem: Anseriformes
Família: Anatidae
Nome científico: Mergus Octosetaceus

O Pato Mergulhão, ou Pato Merganso é uma das espécies mais raras e ameaçadas de extinção em toda região neotropical. Após a extinção do Mergus australis da Nova Zelândia, o Mergulhão passou a ser o único representante do gênero desse grupo de patos no hemisfério sul.

Sua classificação como “crítico em perigo de extinção” pela Birdlife International é justa pois estima-se que haja apenas 200 exemplares da espécie, todos no Brasil.

Áreas de ocorrência

As duas principais áreas de ocorrência do Pato Mergulhão no Brasil estão localizadas na Serra da Canastra em Minas Gerais, no Rio do Sono no estado de Tocantins e agora documentado nos Rios dos Couros e Rio Lageado na RPPN Campo Alegre na Chapada dos Veadeiros.

Habitat

Ele habita rios, riachos e ribeirões de água limpa e corrente, margeados de florestas e matas ciliares conservadas, mergulha intensamente nas corredeiras, sendo uma das poucas espécies de aves brasileiras adaptadas a rios montanhosos.

Descrição

O animal chega a medir 50cm de comprimento tem o bico fino, mas não achatado como de seus parentes. Ele se alimenta preferencialmente de peixes e, como mergulha para pescar seu alimento, foi batizado de Pato Mergulhão

Indicador de qualidade

O Pato precisa da água limpa para mergulhar e caçar, e é muito exigente quanto ao seu habitat, tornando-se um indicador de qualidade da água. O avanço das cidades e aumento da poluição é o principal motivo pelo qual ele vem desaparecendo Estima-se que em 10 anos a espécie estará extinta. Em um levantamento recente foram encontrados apenas seis casais adultos nas áreas de ocorrência.